Entenda para que servem as massagens indiana, lomilomi, shiatsu, reflexologia e tui-ná

Massagem indiana

A massagem indiana trabalha com os chamados “doshas”
Foto: Getty Images

A massagem funciona como uma espécie de carinho com função terapêutica, capaz de relaxar os músculos, diminuir dores, melhorar a saúde e aumentar o conhecimento do próprio corpo. Entenda a função de cinco tipos de massagens:

Massagem indiana

A massagem indiana adota os mesmos princípios da ayurveda, a medicina tradicional indiana. “Ela trabalha com os doshas, ou seja, as diferentes personalidades formadas pela estrutura corporal, mental e emocional de cada pessoa”, explica a fisioterapeuta e naturopata Thais Néry, do Kabanah Spa, em São Paulo. Os doshas resultam da influência que cada elemento da natureza (éter, ar, fogo, água e terra) tem sobre o nosso corpo.

Como é
Antes da massagem indiana, é sempre necessário descobrir qual é o dosha da pessoa e se ele está em desarmonia. Isso muitas vezes se faz por meio de um questionário. Não existe uma massagem única, mas variedades recomendadas individualmente. Todas envolvem movimentos ritmados de pressão sobre o corpo e o uso de óleos essenciais. Esses movimentos têm o objetivo de desobstruir os chacras, como são chamados os canais de energia na cultura indiana.

Uma das principais variantes da massagem indiana é a abhyanga, geralmente feita por duas terapeutas que espalham sobre o corpo da pessoa óleos de ervas aquecidos. Outra variação é a garshana, na qual o terapeuta usa uma luva, que pode ser de seda ou outra fibra natural. Com a pele seca, é feita uma esfoliação. Depois, espalha-se óleo. E, dentro das massagens indianas, existe ainda a shantala, que é a técnica de massagear os bebês.

Para que serve
Tratar dor de cabeça, insônia, melhorar a vitalidade sexual, a circulação, reduzir o estresse e desintoxicar o organismo.

Shiatsu

O shiatsu é uma massagem de origem janonesa
Foto: Getty Images

Shiatsu

O shiatsu é de origem japonesa, e o termo significa pressão (atsu) com os dedos (shi). “A técnica tem como base a estimulação dos meridianos”, explica a naturoterapeuta Luci Aquemi Hayashi Machado, de São Paulo. “Quando esses pontos de energia ficam bloqueados, surgem doenças e desequilíbrios que roubam o bem-estar e a saúde.”

Como é
Os pontos de energia e os meridianos são pressionados, geralmente com os dedos. Às vezes, a pessoa pode sentir uma ligeira dor com a pressão, mas ela vai desaparecendo no decorrer da massagem.

Para que serve
Fortalecer o sistema imunológico, melhorar o tônus muscular, relaxar, aliviar inchaços e diminuir a dor, principalmente enxaqueca e lombar.

Lomilomi

O lomilomi é a massagem tradicional havaiana, uma das que foram introduzidas mais recentemente no Brasil. “Essa massagem era originalmente praticada em família e as técnicas, transmitidas de pai para filho, envolvem uma relação de afeto e atenção”, explica Fernanda Ferrari, fisioterapeuta do Kyron Spa, em São Paulo. Além de restabelecer o estado natural de harmonia, o objetivo da prática é também fazer com que o massageado se sinta acolhido, aliviando possíveis carências emocionais.

Como é
Usa-se não apenas as mãos, mas também o braço e o antebraço e, algumas vezes, até joelhos, pés e pedaços de bambu, aplicados principalmente na região das costas e do pescoço. Normalmente, é acompanhada por uma música típica da região do Pacífico, que dá o ritmo à massagem.

Para que serve
Aliviar dores musculares, cansaço, tensão, tratar problemas de estômago e proporcionar equilíbrio emocional.

Reflexologia

A reflexologia se concentra em pontos dos pés e das mãos
Foto: Getty Images

Reflexologia

Bastante tradicional, a reflexologia é, na verdade, uma mistura de técnicas de várias origens. Baseia-se no princípio de que existem pontos nos pés e nas mãos que correspondem a cada órgão ou estrutura do corpo. E, ao massagear cada um desses pontos, é possível reduzir a tensão em todo o organismo.

Como é
Pressionam-se pontos específicos nas mãos ou nos pés que têm relação com os órgãos do corpo. Pode ser feita com a pessoa deitada ou sentada. “Há também a reflexologia auricular, que é feita nas orelhas e bastante trabalhada na acupuntura”, explica o massoterapeuta Gerson D´Addio, mestre em ciências pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

Para que serve
Relaxar e diminuir dores localizadas.

Tui-ná

De origem chinesa, o tui-ná está baseado no conceito do equilíbrio entre yin e yang, as duas forças que regem o corpo, e dos 12 órgãos ligados ao mesmo número de meridianos principais. Sempre que há um desequilíbrio entre o yin e o yang – ou sempre que os meridianos estão obstruídos para o fluxo de energia – aparecem as doenças. “O tui-ná tem os mesmos objetivos e utilizações que as agulhas de acupuntura, tonificando ou dispersando pontos obstruídos, visando ao equilíbrio energético do fluxo de energia”, explica Luci Aquemi.

Como é
A massagem é realizada com duas manobras principais. Uma delas é o deslizamento (tui), a outra é a compressão (na).

Para que serve
Desobstruir o intestino, relaxar, reduzir o estresse, a dor e fortalecer o sistema imunológico.

Ivonete Lucirio

 

Anúncios