Se aquilo que vive dentro de nós desperta pra si mesmo

Uma abundância de mortes sucessivas irá se dar até o completo extinguir da chama de todo sofrimento

É como ser colhido pelas mãos de Deus na estação certa e receber de seus doces lábios aquela mordida de unidade completa

E Deus saborearia a si mesmo e se maravilharia assim

Ser com todas as coisas é o mesmo que nascer como flor no deserto e ainda ser aquela gota que explode e reintegra ao oceano de amor

Águas que se sempre estivemos a respirar, mas o peixinho borbulhar a buscar

Uma grande risada ecou e que de tão pura fez o leão em meios as ovelhas despertar e voltar pra casa

Aguas que enfim se encontraram

E a beleza disso agora é o que resta comigo

A gratidão me tem em seus braços

E minha alma inteira rendida com ela

De tudo que vi

Nada se compara com o brilho e perfume que flui entre essas plumagens….

Eu estou voltando pra casa.


Anúncios