“O amor não pode ser aprendido, não pode ser cultivado. O amor cultivado não será amor coisa nenhuma. Não será uma rosa de verdade, será uma flor de plástico.

Se você aprende alguma coisa, isso significa que ela veio de fora; não é crescimento interior. E o amor tem que crescer interiormente para ser autêntico e verdadeiro.

O amor não é um aprendizado, mas um crescimento. O que você precisa fazer não é aprender maneiras de amar, mas desaprender maneiras de “desamar”.

Os obstáculos precisam ser resolvidos, as pedras têm que ser retiradas do caminho, para que ele possa fluir.

Ele já existe — escondido atrás de muitas pedras, mas a sua nascente já existe. Ele é o seu próprio ser.”

Osho, em “A Essência do Amor: Como Amar Com Consciência e Se Relacionar Sem Medo”

 

 

Anúncios