…Ele veio deslizando pela multidão, como se flutuasse…em um piscar de olhos estava parado na minha frente e me disse, me olhando nos olhos e segurando as minhas mäos:”Menino guerreiro,filho das águias e dos lobos,espírito da floresta,alma vermelha vestida de homem branco…vc nasceu xamä,desde muito pequeno teve que atravessar sozinho os infernos mais profundos e trevosos,sofrendo em silêncio,mas sempre de pé…e venceu todas as provaçöes,onde outros enlouqueceriam ou se entregariam ao medo,ao ódio,ou se perderiam na escuridäo.menino, filho do Deus da montanha,seu pai é o fogo do troväo(Xangô) e sua mäe,a senhora dos mares(Yemanjá),guerreiro de Shiva,soldado espartano,vento ameríndio que semeia a terra e floresce desertos….näo há mal nesse planeta que possa te derrotar.seu clä espiritual é chefiado pelo arcanjo Miguel e sua espada,seu escudo e sua armadura vivem em vc,com vc e por vc….o único inimigo que pode te derrotar reside dentro de ti.terás que escolher entre a leveza da águia e a ferocidade do lobo,pois ambos säo vc e lutam pela soberania do teu ser.e essa decisäo cabe somente a ti.se ainda nao te sentes preparado para voar,segue como lobo,pois o tempo e espaço só existem nessa dimensäo e nada é real.quando perceberes que tudo é uma ilusäo,eu estarei pousado no ninho mais alto do Himalaia,a sua espera,meu filho,para voarmos lado a lado e te mostrarei outros planos existenciais,na plenitude de nossa liberdade,como águias cósmicas que sempre fomos.” …e nesse momento,na Índia,aos dezoito anos de idade,diante do Mestre,eu me ajoelhei e chorei depois de muitos anos sem derramar uma lágrima e me libertei da dor,cicatrizei minhas cicatrizes de guerra,o coraçäo parou de sangrar,a frieza do aço dos meus olhos se transformou em doçura,minha armadura se esfacelou e pude perceber que tinha asas nas costas,o guerreiro se retira para o exílio e permite a chegada do Xamã; o lobo adormece e faz a passagem dos mundos para que a águia possa nascer e começar um novo ciclo.aquele momento mudou a minha vida e depois que estive com o Mestre,entendi qual era o meu caminho, o meu propósito e o porquê de estar aqui.aquele homem näo me conhecia,nunca havia me visto antes,e ao tocar minhas mäos e enxergado a minha alma,viu a essência do meu verdadeiro Eu .
Obrigado,querido Mestre,por ter me ensinado que a maior força,o maior poder,a maior sabedoria que existe no universo reside no AMOR.essa é a única e verdadeira religião.
OM SAI RAM.

image

Anúncios